Páginas

segunda-feira, 27 de junho de 2011

2º Domingo Depois de Pentecostes.


O Festim do Pai de Família

Deus preparou para o homem pecador quatro festins:

1. O primeiro é o festim da fé, da religião católica, para o qual Deus chama todos os homens, pela voz dos seus apóstolos. É o banquete da verdade que sacia plenamente a alma, que tem fome e sede de ciência verdadeira, sem erros, sem dúvidas.

2. O segundo é o festim da penitência; aí reino o júbilo pela conversão do pecador; Jesus sacia a alma dando-lhe paz... Garantindo-lhe o perdão... Revestindo-o das vestes da inocência.

3. O terceiro é o festim eucarístico em que o próprio Deus é o alimento espiritual; alimento sumamente nutritivo... Que nos faz crescer espiritualmente... Que nos dá o desenvolvimento... Que nos torna fortes e resistentes contra os inimigos internos e externos.

4. O quarto é o festim celeste, em que seremos plenamente saciados, porque veremos a Deus como é em si mesmo.

Os convidados se excusam:

1. Excusam-se os orgulhosos... Os ambiciosos... Os que prestam culto ao luxo, aos faustos, às grandezas do mundo.

2. Excusam-se os avaros, os que têm amor à riquezas: ao ouro, à fortuna, ao lucro.

3. Excusam-se por fim os sensuais: os que amam a carne, a intemperança, a luxúria.

Todos estes desprezam a religião, detestam a penitência, zombam das coisas sagradas, e fazem das misérias da terra seu paraíso.

Não sejamos do número desses infelizes que vivem como animais.

Acudamos ao convite do Pai de família... Ele só quer a nossa felicidade.

Missal Dominical Popular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que o Espírito Santo possa conduzir-te ao comentar esta postagem.

Qualquer comentário que seja contra o que aqui está escrito, não será aceito!

Salve Maria!