Páginas

segunda-feira, 28 de março de 2011

A nudez espiritual - é um mal terrível.



É terrível o mal incurável...
O mal daquele que não fala, não tem cura ou é dificilmente curável...

Aquele que é espiritualmente mudo, tem dúvidas contra a fé e nada diz... Tem a alma cheia de pecados e não os confessa... Tem dificuldades de crer e não as expõe...

A cura dessa alma é impossível, ou pelo menos, muito difícil...

É necessário uma especial intervenção de Jesus; é indispensável um milagre de ordem moral.

Essa intervenção, esse milagre nos o obteremos por meio da oração.

Apresentemo-la a Jesus, quando visitarmos o Santíssimo Sacramento, quando assistirmos à Santa Missa, quando praticarmos outros atos de piedade.

Não desanimemos. A conversão de um pecador, mudo, indiferente, não é obra de um dia: perseveremos na oração. Santo Agostinho se converteu depois de muitos anos. Santa Mônica perseverou na oração... Depois de quatorze anos de lágrimas e de preces, abraçou o filho convertido.

O demônio mudo é o demônio que cala pecados graves na confissão. esses sacrilégios endurecem a alma e a tornam cada vez mais incurável. O último estado de uma alma sacrílega é o endurecimento, a insensibilidade, a obstinação. A conversão de um homem que abusou dos sacramentos, exige uma graça especial de Deus. Só Cristo pode arrancar do sepulcro este Lázaro morto e apodrecido.

Detestemos o demônio mudo. Rezemos... Sejamos sinceros na confissão... Exponhamos as dúvidas que nos assaltam... Manifestemos as nossas moléstias espirituais... Falando, recuperaremos a saúde da alma, cresceremos na virtude, obteremos a desejada perfeição.

Missal Dominical Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que o Espírito Santo possa conduzir-te ao comentar esta postagem.

Qualquer comentário que seja contra o que aqui está escrito, não será aceito!

Salve Maria!