Páginas

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Mais Pobres, Humildes e Perdidos.


Aqui é o estrado para os teu pés, que
repousam aqui, onde vivem os mais pobres, mais humildes e perdidos.

Quando tento enclinar-me diante de ti,
a minha reverência não consegue alcançar
a profundidade onde os teu pés repousam,
entre os mais pobres, mais humildes e perdidos.

O orgulho nunca pode se aproximar
desse lugar onde caminhas com as roupas do miserável, entre os mais pobres, mais humildes e perdidos.

O meu coração jamais pode encontrar
o caminho onde fazes companhia ao que não tem companheiro, entre os mais pobres, mais humildes e perdidos.
(TAGORE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que o Espírito Santo possa conduzir-te ao comentar esta postagem.

Qualquer comentário que seja contra o que aqui está escrito, não será aceito!

Salve Maria!