Páginas

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Eu tinha fome...


Eu tinha fome
e vocês fundaram uma associação
com fins humanitários
onde todos falavam sobre fome.

Eu estava na prisão
e vocês foram à igreja
orar por minha liberdade.

Quando me viram maltrapilho,
começaram a discutir
em voz alta
sobre o perigo moral da nudez.

Quando adoeci,
vocês permaneceram ao redor
e agradeceram a Deus por terem saúde.

Quando me puseram na rua,
vocês me falaram
sobre as maravilhas do amor
de Deus por nós.

Vocês se disfarçam
de pessoas boas e de
amigos de Deus,
mas eu continuo faminto,
e estou preso aqui, sozinho, nu e doente.

Nunca saí da prisão.
Para onde eu poderia ir?

Lá fora eu morreria nesta noite gelada...
(Poema cristão de Malawi)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que o Espírito Santo possa conduzir-te ao comentar esta postagem.

Qualquer comentário que seja contra o que aqui está escrito, não será aceito!

Salve Maria!